Jornalistas e o desafio da São Silvestre

Atletismo Corrida Internacional de São Silvestre
Atletas durante largada do pelotão masculino da 90º Corrida Internacional de São Silvestre 2014 na Avenida Paulista, em São Paulo - 31/12/2014 - Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Foto crédito: Djalma Vassão – Gazeta Press 

Segundo pesquisas, é uma das categorias profissionais mais estressantes. Como também faço parte desse grupo – não dos estressados, iniciei minha carreira em 1983 no Jornal Atibaiense com uma coluna semanal sobre “saúde e qualidade de vida”. Uma forma que encontrei para estimular a classe foi motivando e sugerindo objetivos.

O que mais tem ajudado é o desafio de correr os 15 quilômetros da Corrida Internacional de São Silvestre. No ano de 1992, o editor de esportes da TV Globo, o Vander Pereira, lançou esse desafio para os sedentários jornalistas da emissora. Pereira era um corredor assíduo. Como era de se esperar, ninguém aceitou. Um jovem repórter, recém chegado da cidade de Campinas, caiu de pára-quedas no desafio. Não teve escolhas. Sedentário, vários quilos acima do peso ideal. Hábitos irregulares: sono, alimentação, hidratação (somente refrigerantes, algumas cervejas e nada de água). Porém, o sujeito entrou de cabeça – ou melhor, com as pernas, o coração e determinado a cumprir o objetivo.

O “giba jibóia”, que era um personagem do Globo Esporte, todos os sábados no programa que mostrava o seu treinamento, era o que mais infernizava o lastimável condicionamento físico do César Augusto. As piadinhas eram constantes: “lá vai o gordinho”, “olha o rolha de poço”, “chupeta de elefante’, entre outras coisas mais. O dia fatal chegou. Com treze quilos a menos, o César Augusto como iria transmitir a prova, teve que correr com vários aparelhos ligados ao seu corpo que pesava o mesmo que ele tinha perdido.

Fazia muito calor em São Paulo, algumas paradas rápidas no percurso para entrevistas e mesmo assim, ele completou em 1h44. Sua disciplina e otimismo ao longo dos quatro meses, e a façanha de completar os 15 quilômetros da São Silvestre, o transformou no campeão de cartas da TV Globo na época. E, um dos jornalistas mais querido da emissora.

Se você é jornalista, sedentário, e quer correr a São Silvestre no dia 31 de dezembro, fique tranqüilo que ainda dá tempo, mas, tem que começar já para estar em forma em 2019.

“Um otimista vive na expectativa de ver seus sonhos concretizados. Um pessimista vive na expectativa de ver seus pesadelos concretizados”. (Laurence Peter)

Sobre o autor

Wanderlei Oliveira

Wanderlei Oliveira

Técnico fundador do Clube Corpore, em 1982, e do Pão de Açúcar Club, em 1992. Desde 2000 é comentarista e blogueiro.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.