5K Trail Run

Atletismo

Foto crédito: Fernanda Paradizo Búzios 2012 / Dave Scott (56) e eu (53) 

Já participei de várias provas desde que iniciei no atletismo. Provas de pista. Provas em estradas, como as maratonas (42.195 metros). Provas de cross-country, em terra, grama. Provas na areia. Mas, nenhuma se compara aos 5 K Trail Run, realizada no sábado, dia 27 de março de 2012 em Búzios, no Rio de Janeiro. Para festejar os 10 anos da única revista especializada em triathlon na América do Sul, à Tri Sport, o editor Rodrigo Eichler, que também é triatleta, em parceria com o maratonista Aldo Virano, trouxeram para o Brasil o mais famoso triatleta de todos os tempos, o americano Dave Scott. Considerado uma lenda viva da modalidade que reuni natação, ciclismo e corrida. Scott, foi seis vezes campeão do Ironman do Hawai (1980, 1982, 1983, 1984, 1986 e 1987), e primeiro atleta eleito no Hall da Fama do Ironman. O Ironman do Havaí é disputado nas distâncias de 3.800 metros de natação no mar, 180 quilômetros de ciclismo ao redor do vulcão e para terminar, uma maratona. Tudo isso, no calor de mais de 30 graus da famosa ilha.

Os 5 K Trail Run, fez parte de um final de semana com vários esportes, biathlon (500 metros de natação e 3K de corrida) e a nova modalidade “paddle” stand up (surfar em pé na prancha remando), open water (2K de natação em mar e paddle race) e o principal, a Clínica com Dave Scott. Ninguém é um superatleta à toa. Além do fator genético, é preciso, disciplina, treinamento, determinação, garra. E, o Dave tem tudo isso e um pouco mais – é gentil, atencioso e brincalhão. Largamos junto com a Fernanda Keller, na época com 47 anos. Keller, foi seis vezes medalha de bronze no Campeonato Mundial de Ironman do Havaí e a única atleta com 23 participações consecutivas, completando todas elas.  O trecho inicial era na praia, 600 metros até chegar na encosta, nas pedras.
Nessa hora, todos param para escalar os 30 metros. Parece pouco. A Fernanda, experiente, subiu na frente. Mais atrás, eu e o Dave Scott. Na primeira tentativa para escalar, quase desequilibrado, recebo o apoio do Dave. Entramos na estreita trilha de terra, pedra, na mata fechada. Subimos a montanha pela trilha até o topo, mais 1800 metros correndo, escorregando. Para passar pela mata, era preciso correr com os braços à frente do rosto para não se machucar. Mas, os braços ficaram cortados com o mato que avançava sobre a trilha. Retornamos no topo e despencamos morro abaixo. Até aí tudo bem. Comecei a pensar no momento em que chegaríamos nas pedras. Avistamos a Fernanda Keller. Pensei, agora é a hora de passar os dois. Acelerei o passo. Porém, eles tiveram a mesma idéia e chegaram primeiro na areia da praia. Tentei mais um ataque, mais já era tarde. Os dois pareciam ter asas nos pés.
E como dizia o Rodrigo Eichler, organizador e locutor da prova para todos que chegavam dos 5K Trail Run: “esta mortinho”.
Dave Scott é o Mister Ironman e a brasileira Fernanda Keller a nossa mulher de ferro.

Sobre o autor

Wanderlei Oliveira

Wanderlei Oliveira

Técnico fundador do Clube Corpore, em 1982, e do Pão de Açúcar Club, em 1992. Desde 2000 é comentarista e blogueiro.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.